Solenidade promoveu 185 alunos por mérito intelectual e disciplina, além de garantir a outros 90 estudantes o direito a usar o uniforme da instituição

“Ao ingressar no Colégio da Polícia Miliar da Bahia, prometo regular minha conduta pelos preceitos da moral, cumprir rigorosamente as normas disciplinares a que estiver subordinado e dedicar-me inteiramente ao aprendizado e ao crescimento intelectual”. Ao fazer este juramento, o aluno Pedro Martins, 10 anos, estudante do 6° ano do Ensino Fundamental, traduziu o sentimento que envolvia a ele e aos quase 90 recém-chegados ao CPM, que conquistaram oficialmente, na tarde do último sábado, 9, o direito a usar tanto o uniforme quanto a boina azul royal da instituição de ensino.

Os alunos só começam a utilizar o uniforme quatro meses após terem sido matriculados. Nesse período inicial, eles ainda estão se familiarizando com a ritualística militar. “É como representar a escola em mim. Usando o uniforme da escola, eu represento a instituição de ensino a que eu pertenço”, disse Bruno Bauer, 16, que está no 2º ano do Ensino Médio.

Na mesma cerimônia, outros 185 estudantes conquistaram medalhas por méritos intelectuais e disciplinares, conquistando promoções dentro da hierarquia do CPM – bastante semelhante à que existe num quartel militar. Como a coronel Ana Clara Buriti, 16, hoje no 3º ano, cujas notas lhe garantiram uma das melhores médias do ano letivo de 2014.

“Este momento para mim é muito importante, porque é a última vez que vou ser promovida, já que estou deixando o colégio”, afirmou Ana Clara, que pretende prestar vestibular para o curso de Medicina. “Se eu conseguir, vou cursar. Se não, vou continuar estudando para alcançar meus objetivos”, informou a aluna-coronel.

Estímulo ao estudo – Segundo o major Ricardo Medeiros, diretor do CPM, as promoções por mérito intelectual têm o objetivo de incentivar os alunos a intensificar seus estudos. “Apesar de ser um colégio igual a qualquer outro estadual, nós temos toda uma ritualística igual ao quartel. E procuramos sempre estimular o estudo. Então, os melhores colocados e os mais disciplinados recebem promoções a coronel e a tenente-coronel”, explicou.

O reconhecimento ao mérito também foi comentado pelo chefe do Gabinete da Prefeitura de Vitória da Conquista, Márcio Higino Melo, designado para representar na cerimônia o prefeito Guilherme Menezes. “Estamos aqui para prestigiar um momento de vitória desses alunos que, em cada um dos seus cursos, foram distinguidos com as melhores médias curriculares”, disse Márcio Higino.