Governo Municipal participa de agenda oficial em Salvador

Em reuniões com o governador Rui Costa e secretários, o prefeito Guilherme Menezes pôs em pauta projetos de interesse da população de Vitória da Conquista

Em meio a uma série de reuniões e contatos institucionais, o prefeito Guilherme Menezes retornou a Vitória da Conquista na última quinta-feira, 5, com notícias positivas para a população do município. A principal delas, referente à Barragem do Rio Pardo, foi a garantia, dada pelo governador Rui Costa, de que envidará todos os esforços possíveis para conseguir os recursos federais necessários para viabilizar a obra.

Rui, inclusive, reiterou ao prefeito já ter tratado do tema em reuniões em Brasília, com os ministros Gilberto Occhi, da Integração Nacional, e Nelson Barbosa, do Planejamento. O encontro em Salvador durou cerca de duas horas e também teve a participação dos engenheiros Hipérides Macedo e Ornaldo Freitas, da IBI Engenharia, empresa que venceu a licitação aberta pela Prefeitura e ganhou o direito de elaborar o projeto executivo da barragem.

Barragem do Catolé – Outro tema tratado durante a reunião foi a Barragem do Rio Catolé, cujo projeto já está com o Governo Estadual. Há cerca de um ano, está em funcionamento a adutora do Catolé, obra executada em caráter emergencial pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), a fim de suprir o déficit de água nas barragens de Água Fria I e II, que abastecem Vitória da Conquista.

Foram construídos 15,3 quilômetros de tubulação, três estações elevatórias e um barramento no Rio Catolé Grande, com captação flutuante com capacidade para transportar 300 litros de água por segundo até a barragem de Água Fria II. O investimento foi de R$ 33 milhões. A obra tem a missão de garantir a segurança hídrica para Vitória da Conquista durante cinco anos, período em que será construída a Barragem do Rio Catolé, por meio de um investimento de R$ 141,7 milhões.

Internação provisória – O prefeito Guilherme discutiu, ainda, sobre a importância da celeridade na liberação dos recursos para a construção da futura Casa de Internação Provisória e Permanente para Adolescentes. Um volume de R$ 10 milhões, para a construção da unidade, foi garantido pela então ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, durante reunião com o prefeito Guilherme, em 2014. O Governo Municipal, com vistas à implantação do equipamento, doou para a Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) um terreno para a construção da Casa, com área total de 22 mil metros quadrados.

Com a construção da nova unidade em Vitória da Conquista, haverá capacidade para comportar 90 adolescentes nessa condição. O equipamento contará com área de lazer e de convivência, quadras poliesportivas, prédios para implantação de escola estadual e municipal, enfermaria e cozinha, além de áreas arborizadas e espaços para celebrações ecumênicas.

Outros encontros – A agenda do prefeito em Salvador incluiu outros encontros com a equipe da Secretaria de Infraestrutura, e com o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas. Ainda na quinta-feira, 5, o gestor participou da cerimônia de posse da nova diretoria da União dos Municípios da Bahia (UPB).

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
17/11
Parada LGBT: confira como fica o trânsito e o itinerário dos ônibus
Gabinete Civil
17/11
Governo Municipal promete acompanhar demandas de movimentos rurais
Gabinete Civil
16/11
Governo Municipal recebe membros do Corpo de Bombeiros Militares
Gabinete Civil
16/11
Escola municipal oriunda do Patrulhado a Cidadania oferece 150 vagas já em 2018