Governo Municipal entrega o Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente nessa segunda, 1º de junho

Solenidade acontece a partir das 15h; esse é o primeiro centro desse tipo a ser implantado no país

Assegurar os direitos das crianças e dos adolescentes é uma meta constante do Município. Nesta segunda-feira, 1º de junho, será concretizada mais uma conquista nesse sentido, quando Vitória da Conquista receberá o Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente. O equipamento é uma iniciativa da Prefeitura Municipal e é pioneiro nesse gênero no Brasil. A solenidade acontece a partir das 15h, com as presenças de representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário, além de profissionais da área e representantes da sociedade civil.

O Centro reunirá, em um único local, serviços socioassistenciais, conselhos e órgãos jurídicos ligados ao público infantojuvenil. São eles: a Vara da Infância e da Juventude, o cartório para atendimento à Vara, a Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, o Núcleo da Defensoria Pública, o Creas, os programas Família Acolhedora e Novo Olhar, o Conselho Tutelar, os conselhos municipais de Assistência Social e dos Direitos da Criança e do Adolescente, Portal de Acolhida de serviços de saúde, educação (brinquedoteca do Núcleo de Inclusão Pedagógica da Rede Municipal de Educação) e assistência social (CadÚnico).

Com funcionamento no antigo espaço do Colégio Dirlene Mendonça, cedido pelo Estado ao Município, o equipamento foi totalmente reformado pela Prefeitura. Por meio da Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista (Emurc), o trabalho de revitalização contou com um investimento de mais de R$ 1 milhão de recursos próprios.

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
20/09
Quilombolas da região de Oiteiro recebem Bolsa Família Móvel
Desenvolvimento Social
20/09
Secretaria de Desenvolvimento Social se reúne com moradores do Bruno Bacelar
Desenvolvimento Social
19/09
Conquista sedia capacitação regional sobre o CadÚnico
Desenvolvimento Social
18/09
Oficina discute acolhimento de Crianças e Adolescentes