Governo Municipal discute programa de aração de terras com agricultores de Inhobim

O incentivo do poder público é fundamental para que a agricultura familiar, em Vitória da Conquista, possa se fortalecer cada vez mais, ajudando o crescimento sustentável da cidade. Por isso, a Prefeitura tem investido em diferentes estratégias que beneficiem e facilitem o trabalho do homem do campo.

Uma delas é o programa de aração de terras. Em média, a Prefeitura ara de 900 a 1.000 hectares por ano – o que equivale a algo entre 2.000 e 3.000 tarefas anuais. Esse trabalho beneficia aproximadamente 600 famílias a cada ano. “Esta é uma política que o Governo Municipal tem desenvolvido desde 1997, beneficiando cada vez mais a agricultura familiar do município”, ressaltou o secretário de Agricultura, Odir Freire.

Para falar a respeito do assunto, o secretário – acompanhado do engenheiro agrônomo, Uéslei Oliveira e do agrônomo, Leis Gusmão – se reuniu na última semana com agricultores familiares da região de Matinha, de Inhobim. No primeiro semestre do ano e os primeiros meses do segundo, a Prefeitura concentra o trabalho de aração nas regiões de mata.

A partir de outubro e novembro, período em que se iniciam as chuvas na caatinga, as máquinas são transferidas para as regiões nas quais esse bioma predomina.

Notícias Relacionadas

Agricultura e Desenvolvimento Rural
28/06
Agricultura e Sindicato dos Trabalhadores Rurais fazem parceria para evento
Agricultura e Desenvolvimento Rural
17/06
Secretaria de Agricultura recupera 12 quilômetros de estrada em ‘Batuque’
Agricultura e Desenvolvimento Rural
08/06
Estradas da Limeira são recuperadas pela Prefeitura
Agricultura e Desenvolvimento Rural
25/05
Governo Municipal participa de evento em comemoração ao Dia Nacional do Café