Fundação de Saúde divulga Nota de Esclarecimento

A Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista, responsável por administrar o Hospital Esaú Matos, esclarece que para normalização do atendimento às gestantes de alto-risco de Vitória da Conquista e municípios pactuados está buscando o preenchimento total das escalas de obstetrícia da unidade, por meio do remanejamento de profissionais da rede.

O atendimento médico obstétrico na noite do último sábado, 7, foi garantido por meio de um profissional plantonista que atendeu os casos de urgência que chegaram até à unidade. Obstetras plantonistas também garantiram o atendimento na tarde e na noite de domingo, 8, bem como nesta segunda-feira, 9.

A Fundação esclarece ainda que o bebê, apontado nas matérias como tendo falecido no pós-parto, estava natimorto e com sinais de maceração e abaulamento. Ou seja, ele já se encontrava morto há pelo menos um dia, conforme laudo médico. A gestante veio de Itambé, sem regulação, para ser atendida em Vitória da Conquista, no domingo, 9.

A Fundação reitera que vai investigar, em separado, todas as situações.

Notícias Relacionadas

Notícia Destaque
14/11
Transporte coletivo: Prefeitura informa sobre mudanças em linhas do Conquista VI
Notícia Destaque
13/11
Plantão da Gerência de Postura apresenta balanço dos primeiros meses de funcionamento
Comunicação
13/11
Prefeitura apresenta novo portal nesta segunda-feira,16
Agricultura e Desenvolvimento Rural
13/11
Prefeitura entrega Barragem de Boa Vista nesse sábado, 14