Estande recebe últimos ajustes para a exposição

Estande traz amostras do cultivo de palma e umbu, além de informações sobre projetos desenvolvidos especificamente para a agricultura familiar

Na Exposição Conquista, que acontece entre 13 e 18 de março, a Prefeitura de Vitória da Conquista se junta novamente à Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (Coopmac) e leva ao evento, no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, parte dos serviços que oferece ao público que se interessa pelo evento.

“Desenvolvemos trabalhos que são importantes para a população. E não há lugar melhor de se mostrar o que nós fazemos do que em um evento como esse, que é dirigido para o produtor agropecuário”, afirma o secretário municipal de Agricultura, Paulo César Oliveira.

Nesta edição do evento, a Prefeitura destaca o Programa de Convivência com o Semiárido – Palmas para Conquista. A iniciativa pretende fortalecer a cultura da palma em Vitória da Conquista, a fim de apresentar alternativas de convivência com a seca para os produtores da região.

No estande reservado à Administração Municipal, estarão expostas algumas amostras de alimentos feitos à base da palma, como sorvetes e geleias – devidamente disponíveis para a degustação dos visitantes.

Equipes da Semagri e da Ufba nos preparativos para os produtos que serão expostos no estande da Prefeitura

Poucos metros abaixo do estande, foi montada, em parceria com a Coopmac e outras instituições parceiras, uma unidade demonstrativa dos objetivos do programa. A estrutura traz uma amostra do cultivo intensivo de três variedades de palma: “orelha de elefante mexicana”, “mão de moça” e “palma-doce”. Todas são resistentes à praga da “colchonilha do carmim”. A Prefeitura pretende cultivá-las e distribuí-las entre agricultores da região.

Também estão previstas palestras sobre temas relacionados ao cultivo da palma e suas potencialidades. E, durante os dias do evento, serão distribuídas ao público cerca de 50 mudas de umbu gigante, cultivadas na Fazenda Experimental mantida pela Prefeitura na Pedra Mole (região de Bate-Pé).

O estande da Prefeitura terá ainda demonstrações do projeto Hortas nas Escolas, desenvolvido em parceria pelas secretarias municipais de Agricultura e de Educação. A iniciativa pretende construir hortas em escolas municipais e utilizá-las para suplementar o cardápio da merenda escolar e, ao mesmo tempo, desenvolver ações educativas que envolvam os estudantes.

O projeto já foi iniciado em quatro unidades escolares. A expectativa é que as hortas contenham hortaliças como salsa, coentro, cebolinha, alface, cenoura, couve e beterraba.