Nuca debate esporte em seu encontro quinzenal

Na sexta-feira (23), o Estação da Juventude, já integrado ao Núcleo de Cidadania Adolescente (Nuca) recebeu o jogador de futebol profissional Danilo Santos para falar sobre a importância da prática de esportes.

O evento faz parte do Desafio 1: Promover o direito ao esporte seguro e inclusivo do Selo Unicef. “Tivemos uma primeira etapa deste desafio com a presença do coordenador de esportes, Jaldo Mendes Musse, e agora, no segundo momento, nós convidamos Danilo Santos, que falou sobre sua experiência como jogador profissional”, explicou a mobilizadora do Nuca e coordenadora da Juventude, Melry Amaral.

O objetivo deste desafio foi incentivar a prática esportiva e nada melhor do que o jogador com experiência profissional para falar sobre o assunto. “Poder participar deste bate-papo foi muito importante. Fico muito feliz quando sou convidado para este tipo de atividade, pois eu sei o quanto é difícil para o adolescente o acesso a essas informações, eu já passei por isso. Hoje tentei ajudá-los de alguma forma, até uma direção, um objetivo para o futuro deles”, ressaltou Danilo que atualmente desenvolve um trabalho voluntário na escolinha de futebol que funciona no Estádio Municipal Edvaldo Flores.

Danilo ficou feliz em poder compartilhar sua experiência com os adolescentes

No Nuca, adolescentes com idade entre 12 e 17 anos discutem temas que afetam a sua vida. O núcleo tem por objetivo apoiar os adolescentes no desenvolvimento de competências, contribuir para fortalecer sua capacidade de participar nas políticas públicas e promover o engajamento deste público no conjunto de estratégias do Selo Unicef.