Na sexta-feira, 175 jabutis chegaram de São Paulo para que o Cetas realize a soltura

O Centro de Triagem de Animais Selvagens (Cetas) de Vitória da Conquista, mantido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria do Meio Ambiente (Semma), é referência no tratamento de animais da fauna silvestre, apreendidos em fiscalização ambiental. Nesta quinta (8) e sexta-feira (9), o centro recebe animais apreendidos em São Paulo e Itabuna.

Na sexta-feira, 175 jabutis e 15 iguanas chegaram de São Paulo para que o Cetas realize a soltura, já que a Bahia é a área de ocorrência desses animais. “vamos fazer a distribuição em áreas cadastradas no Cetas e de ocorrência da espécie”, esclarece a veterinária Rosana Ladeia.

O Cetas também recebeu Cerca de 15 Iguanas

Segundo ela, os animais estavam em um centro de triagem e já vieram tratados e marcados com microchips. “Eles estão prontos para voltarem à natureza a partir da semana que vem. Como é um volume muito grande, a gente vai fazer a distribuição em várias áreas”, completou.

Enquanto a equipe do Cetas acomodava e alimentava os recém-chegados, um funcionário da Via Bahia chegou com um gato mourisco machucado, encontrado no Km 20 do Anel Viário, próximo ao Rio Verruga. Já na quinta, seis pacas vieram de Itabuna.

A Via Bahia encaminhou ao local um gato mourisco muito machucado

No Cetas,as diferentes espécies são tratadas com o cuidado e alocadas de maneira específica. No momento de soltura, é obedecido criteriosamente o protocolo de liberá-los sempre na região a que pertencem.