Elizeu Reis: a educação como ferramenta de transformação

cada-vida-uma-historia-elizeu

Inspirado pela beleza e peculiaridades do campo, Elizeu Reis Santos, servidor público municipal desde 2014, tem sua vida conduzida pela arte e força de vontade. Vindo da zona rural de Jacaraci, estudou no distrito de Irundiara, morando em um lugar privilegiado, banhado pela nascente do Rio Gavião – a Fazenda Quilombo. De lá trouxe o gosto pela poesia, incentivado pelos professores, e foi movido por essa paixão que viu sua vida ser transformada.

Passou no Concurso Público da Prefeitura Municipal aos 18 anos e veio para Vitória da Conquista buscando novos rumos. “Nunca havia pensado em fazer um concurso, imaginava como faria para ficar o dia todo sentado em frente a um computador. Quando vi a possibilidade para ser instrutor de artes eu falei com meu pai que iria tentar e fiz a inscrição. Fiquei em segundo lugar, empatado com outro candidato que tinha a vantagem do critério da idade, só tinham duas vagas. Eu olhava o computador todos os dias, no final de março, nunca me esqueci, estava lá: “Prefeitura realiza primeira chamada” – tinha sido convocado. A primeira coisa que fiz foi ir à igreja agradecer a Deus”, contou emocionado.

A vinda para Conquista foi tumultuada. Mas, Elizeu – que atua na Secretaria de Desenvolvimento Social – venceu as barreiras, enfrentou o novo, o desconhecido, amadureceu, transformou as experiências vividas em poesia e, mais uma vez, movido pela curiosidade, descobriu um concurso de poesias. Se inscreveu, foi selecionado e teve suas poesias divulgadas para o mundo.

Orgulhoso das conquistas obtidas, Elizeu valoriza cada passo dado e tem sido bem sucedido em tudo que se propõe a fazer. Queria ser artista plástico, fez vestibular e passou, mas acabou não cursando. Antes de morar em Conquista iniciou faculdade de Licenciatura em Computação, mas abriu mão para alçar novos horizontes como aluno comtemplado por uma das cinco vagas do Prouni para o curso de Engenharia de Produção em uma faculdade aqui em Conquista.  “O meu nome estava lá, em terceiro lugar para o curso de Engenharia de Produção. Fiz a mesma coisa do concurso: fui à igreja e agradeci a Deus por mais essa conquista”, relatou.

A motivação para vencer os desafios vem da sua vontade de crescer. Mesmo muito jovem ainda, Elizeu tem sido exemplo de que a educação transforma e abre portas. E a cada etapa vencida a recompensa é a satisfação pessoal – “Eu consegui! Estou aqui”, comemora, ciente do esforço dedicado para crescer como pessoa.

Notícias Relacionadas

Administração
25/04
Governo e Sinserv avançam nas negociações
Administração
11/04
Prefeitura realiza pregão eletrônico para aquisição de asfalto
Administração
17/03
Encontro reúne gerentes e coordenadores municipais
Administração
08/03
Homenagens às servidoras municipais marcam Dia da Mulher