Na oportunidade, foram apresentadas as bases legais da educação para as escolas quilombolas

Professores das 26 escolas da Rede Municipal de Ensino localizadas em regiões quilombolas participaram, na tarde desta segunda-feira (11), do Seminário Temático Educação Escolar Quilombola. O encontro, realizado na Faculdade Maurício de Nassau, discutiu as práticas pedagógicas para vivências étnico-raciais positivas.

Na ocasião, os participantes também trabalharam na construção de um caderno didático-pedagógico. “Trata-se de um material construído de forma coletiva a partir da realidade dos professores das escolas quilombolas em sala de aula”, explicou a coordenadora do Núcleo de Diversidade da Secretaria Municipal de Educação, Greissy Reis.

Pesquisadora do tema “Políticas de Educação Quilombola em Vitória da Conquista”, a professora Niltânia Brito apresentou aos presentes uma abordagem teórica e as bases legais da educação para as escolas quilombolas.

Depois, os professores se dividiram em grupos para dar início à construção do caderno com propostas de trabalho na sala de aula. “Eles serão coautores dessa proposta de trabalho, que leva em consideração, entre outras coisas, os modos de produção, os saberes e as histórias locais, atendendo as diretrizes para a educação escolar quilombola”, declarou Niltânia.

Professora da Escola Municipal Pedro Brito, localizada no quilombo de Maria Clemência, Elane Cleia Aragão, vê a iniciativa de forma positiva. “Acredito que esse trabalho levará os nossos alunos a refletirem e reconhecerem a importância do local onde vivem, valorizando as histórias e os saberes nele existentes”, concluiu.

Professores participam de dinâmica durante seminário