Distritos de Vitória da Conquista terão Agências Comunitárias dos Correios

reuniao-herzem-correios

Convênio vai viabilizar a instalação de agências nos 11 distritos, descentralizando a oferta de serviços postais básicos

Dentro de mais alguns dias, cada um dos 11 distritos rurais de Vitória da Conquista passará a contar com uma Agência Comunitária dos Correios. É o que prevê um convênio que está sendo firmado entre a Prefeitura Municipal e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Documentos referentes à formalização da parceria foram entregues ao prefeito Herzem Gusmão e ao chefe de gabinete, Marcos Ferreira, na tarde desta quarta-feira, 11, por Carla Ataíde, gerente regional dos Correios, e Cláudio Macedo, coordenador de Atendimento da empresa.

O objetivo das Agências Comunitárias dos Correios é levar até as populações dessas localidades o acesso a serviços postais básicos, como o recebimento e a postagem de correspondências. Atualmente, os moradores dos distritos precisam se deslocar até o perímetro urbano para realizar esses serviços. Assim que as Agências Comunitárias estiverem em funcionamento, eles poderão fazer isso nas próprias localidades onde moram.

O convênio estabelece que a Prefeitura deverá disponibilizar imóveis para que as Agências Comunitárias possam funcionar. A ideia inicial é que isso ocorra em prédios públicos, como escolas ou postos de saúde. Os custos operacionais dos estabelecimentos ficarão sob a responsabilidade dos Correios.

Além disso, também caberá ao Município designar as pessoas que serão responsáveis pelo atendimento ao público nas agências. O prefeito adiantou que esses atendentes serão escolhidos entre os servidores públicos municipais. Os selecionados serão submetidos a um treinamento, a cargo dos Correios.

‘Exercício de cidadania’ – Segundo Carla Ataíde, as conversas a respeito da viabilização do convênio começaram antes mesmo que a atual Administração fosse empossada, havia um interesse da nova gestão em ampliar o acesso desses serviços à população da zona rural. “Esse convênio só pode ser realizado entre Correios e Prefeituras. Não pode ser feito com outro órgão público. E o prefeito se mostrou interessado em realizá-lo. E a gente veio aqui hoje entregar oficialmente a proposta na Carta nº 5/2017, para que ele apresente para nós a documentação de que o Correio necessita para colocar o projeto em prática”, declarou a gerente regional dos Correios.

O prefeito classificou o projeto como um “exercício de cidadania” e disse acreditar que as agências poderão estar em funcionamento já em fevereiro. “Nós temos verdadeiras pequenas cidades no interior. São 11 distritos sem comunicação, sem Correios e, às vezes, sem correspondentes bancários”, disse o gestor. “Portanto, essa comunicação será restabelecida, envolvendo os Correios e os distritos no interior”, acrescentou.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
26/05
Feirão da Caixa pretende levar 5 mil pessoas ao Centro Glauber Rocha até domingo, 28
Gabinete Civil
25/05
Prefeitura apresenta novas propostas aos professores e garante recomposição da tabela do magistério
Gabinete Civil
25/05
Prefeitura defende mais investimentos e agilidade na construção da Barragem do Catolé durante reunião no MP
Gabinete Civil
25/05
Prefeitura garante preço promocional para o servidor público em show de Roberto Carlos