Diferentes gerações de forrozeiros se apresentam na segunda noite do Forró Pé de Serra do Piripiri

Prefeita de Dias D’Ávila aprova formato estabelecido pelo Governo Municipal e busca referência para a cidade que governa

Desde a sua primeira edição, o Forró Pé de Serra do Piripiri busca trazer para Vitória da Conquista não apenas grandes nomes da música nacional, mas principalmente abrir espaço para que os artistas regionais mostrem o seu trabalho. Neste ano, não foi diferente. A valorização dos cantores da terra se reflete em toda a grade de programação do evento, quando diariamente eles dividem o palco com os músicos de renome no país.

A primeira atração da noite desse sábado, 20, foi o grande vencedor do 6º Festival de Forró, o sanfoneiro Rony Barbosa, que colocou todo mundo pra dançar ao som de canções de artistas consagrados como Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Jackson do Pandeiro. O sanfoneiro também presentou o público com canções de sua autoria, como “Lamento para Dominguinhos” – música que lhe conferiu a vitória no festival.

“Fico admirado com a atitude do Governo Municipal por essa iniciativa tão maravilhosa, algo que a gente não tem visto nas cidades da região e no Brasil. Conquista tem se destacado por esse evento maravilhoso, organizado e que valoriza os artistas da cidade. Tudo é perfeito. Estou também feliz demais por ter ganhado o prêmio do Festival do Forró e pelo sucesso que a minha música fez. A Prefeitura está de parabéns! O evento é extraordinário e ainda vai dar muito o que falar”, contou Rony.

Quem também se apresentou na mesma noite foi o forrozeiro Rege de Anagé, que falou da sua satisfação em participar do evento. “É muito gratificante você ter um espaço como esse aqui em Vitória da Conquista para acolher os artistas da terra e trazer uma nova variedade. O evento dá respaldo aos artistas regionais ao possibilitar que eles dividam o palco com grandes nomes da música brasileira. Fico feliz por, mais uma vez, estar fazendo parte desse evento. Parabenizo toda a equipe da Prefeitura por mais um ano de forró”, garantiu.

O Grupo Nois e Elas fechou com chave de ouro a segunda noite do evento e embalou o público com canções de forró pé de serra, xote baião e reggae. “O Forró Pé de Serra do Piripiri é muito bom para a cidade de Vitória da Conquista porque, além de abrilhantar os artistas da terra, traz grandes artistas como Trio Nordestino e Adelmário Coelho. É uma festa que já se consolidou no cenário do forró e vai continuar sendo sucesso”, ressaltou o vocalista da banda, Ismar Andrade.

“Prata da Casa” – A valorização dos artistas regionais pelo Governo Municipal, por meio do Forró Pé de Serra do Piripiri, tem sido destaque na Bahia. É o que garante a prefeita de Dias D’Ávila, Jussara Márcia: “Sempre me falaram muito bem dessa festa e me gerou uma grande curiosidade em conhecer. Por isso, este ano, fiz questão de conferir de perto e, realmente, ainda levo muito mais do que me falaram. Estamos vendo o quanto as pessoas valorizam as pratas da casa, que são os artistas da terra. A impressão que eu tive, é de que é tudo aquilo que me falavam e muito mais. Esse é um governo que tem compromisso, aí o resultado é positivo pra toda a comunidade”.

Para o estudante Jefferson Santana, a valorização do forró tradicional também é uma ótima iniciativa. “Acho muito boa essa ideia de trazer artistas que tocam o verdadeiro forró pra Conquista. Ainda mais em um espaço como esse, seguro, confortável. Está uma festa muito bonita”, afirmou.

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
29/05
“A Voz do Muro” retrata escultor Cajaíba
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
27/05
Prefeitura dialoga com comunidades sobre São João na zona rural
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
22/05
Equipe conquistense ganha 22 medalhas em eventos regionais de Judô
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
22/05
Fluminense realiza seletiva no Estádio Edvaldo Flores