Nem o frio e nem a chuva que amanheceram em Vitória da Conquista nesta sexta-feira (9) intimidaram os inscritos na Corrida da Cidade. O evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, em comemoração ao aniversário do município. Com largada em frente à Prefeitura, cerca de 450 atletas ganharam as ruas da cidade em um percurso de 8 quilômetros.

“As 300 primeiras inscrições acabaram em 19 minutos. Foi necessário que a gente abrisse mais algumas inscrições. Acho isso muito importante, pois às vezes as pessoas não sabem a quantidade de gente que gosta de correr”, afirma a secretária da pasta, Cristina Rocha. E completa: “Está de parabéns Vitória da Conquista e estão de parabéns todos os atletas”.

O coordenador municipal de Esportes, Jaldo Mendes, lembra que a corrida de rua é um esporte que cresce em nossa cidade, por isso a importância de o poder público apoiá-lo. Para ele, a retomada da prova foi um sucesso. “O intuito é dar sequência, e cada ano realizar uma corrida melhor ainda. Foi positiva, todo mundo gostou, nem a chuva atrapalhou”, conta.

O reconhecimento pela iniciativa veio dos próprios atletas. Uma delas é a vencedora da categoria feminina, Taiane Lima, que viajou do município de Brumado só para participar da prova. “Eu venho aqui praticamente todo fim de semana, participar de corridas, por que é a cidade que mais apoia os atletas. Parabéns ao prefeito e que ele continue assim”, diz.

José Batista Filho foi vencedor na categoria de cadeirantes. Para ele, a retomada da Corrida da Cidade trouxe muito ânimo para os atletas. “Essa vitória foi muito boa. A gente já vem treinando para estar competindo e fazendo esse tipo de prova, e toda semana a gente tem prova, sempre está participando. Essa prova era tradicional, todo mundo estava querendo que acontecesse”, afirma.

Primeiro lugar geral e na categoria masculina, Sivaldo Viana ressalta que iniciativas como esta são fundamentais para incentivar à população à prática de atividades físicas. Quando esse objetivo é cumprido, todo mundo é campeão: “O importante é estar correndo e estar participando, não importa quem chega em primeiro ou quem chega em último, o que importa é estar competindo”.