Corredor Perimetral interligará três grandes regiões da cidade

“Vitória da Conquista foi uma das poucas cidades da Bahia contempladas com o financiamento para executar a obra”, enfatizou o prefeito

A Prefeitura de Vitória da Conquista se prepara para dar início às obras do Corredor Perimetral, um dos empreendimentos previstos para a cidade no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Mobilidade Urbana. O convênio, firmado com o Governo Federal para um financiamento de aproximadamente R$ 60 milhões, por meio da Caixa, prevê ainda outros dois projetos: o terminal de integração do transporte coletivo e a requalificação de corredores de transporte localizados na região central e nas principais avenidas.

“Vitória da Conquista foi uma das poucas cidades da Bahia contempladas, por sua capacidade de endividamento, pelos seus projetos e pelo bom nome, por toda a credibilidade que a Prefeitura tem”, observa o prefeito Guilherme Menezes. 

O projeto básico do Corredor Perimetral foi entregue à Caixa na semana passada, já com todas as revisões técnicas solicitadas pelo banco financiador. A Prefeitura aguarda apenas pelo último parecer oficial para providenciar, por meio da Empresa Municipal de Urbanização (Emurc), as primeiras medições técnicas para a execução do projeto – o que, segundo as previsões do Governo Municipal, deve ocorrer em fevereiro.

O Corredor Perimetral terá a função de interligar as regiões oeste, sul e leste do perímetro urbano, oferecendo aos moradores uma nova opção de deslocamento, sem que elas precisem passar pela região central da cidade. Ao mesmo tempo, proporcionará uma integração entre bairros populosos e que atualmente já apresentam autonomia econômica em relação ao centro da cidade.

‘Alça importante’ – A nova via terá aproximadamente 12 quilômetros de extensão, tendo início na avenida Brumado, seguindo pela Lagoa das Bateias e, em seguida, pelo Loteamento Cidade Modelo e avançando pelo bairro Patagônia e pelo Coveima. Após atravessar a BR-116, prosseguirá pelo Morada dos Pássaros até sair pela lateral do Shopping Conquista Sul. Daí, passará pela Avenida Juracy Magalhães e pela região do Boa Vista, até atravessar o Rio Verruga para chegar, enfim, a seu ponto final – a Avenida Olívia Olívia Flores, na altura do campus Anísio Teixeira da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Em boa parte do percurso, o corredor passará por vias já existentes, que serão incrementadas. Em outros trechos, a estrutura será totalmente construída. O principal objetivo é promover uma descentralização que beneficiará quem anda pelas ruas da cidade, a pé ou em veículos. “Será uma alça importante para diminuir o grande tráfego de pessoas e de automóveis pelo centro da cidade”, explica o prefeito Guilherme.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
15/12
Arte e Educação: Prefeitura Móvel oferece atividades pedagógicas para as crianças do bairro Urbis VI
Gabinete Civil
15/12
Prefeitura Móvel leva a Administração Municipal à região da Urbis VI
Gabinete Civil
14/12
Prefeitura realiza confraternização com educandos atendidos pelos Cras
Gabinete Civil
13/12
Decoração natalina da Tancredo Neves encanta conquistenses e visitantes