Coordenação de Igualdade Racial ganha novos integrantes

Na manhã desta sexta-feira, 6, o prefeito Guilherme Menezes assinou o decreto de nomeação das Gerências  de Planejamento e Relações Institucionais e de Povos Tradicionais e Expressões Culturais da População Negra, vinculadas à Coordenação Municipal de Igualdade Racial. A partir de agora, quem responde pelos setores é Uelber Barbosa e Ademar Oliveira Cirne, respectivamente. O ato de nomeação contou  ainda com a presença do chefe do Gabinete Civil, Márcio Higino Melo e da coordenadora da Igualdade Racial, Elizabeth Lopes.

Para o prefeito Guilherme Menezes, a Coordenação de Igualdade Racial reforça o compromisso do Governo Municipal com as ações voltadas para as políticas de igualdade racial. “É muito importante que as políticas cheguem institucionalmente, como estão chegando para os municípios, inclusive Vitória da Conquista, onde já existem pessoas e grupos com essa consciência e organização. A Coordenação demonstra a importância e a prioridade que a política da igualdade racial tem para o município. Além disso, ajuda a gerar mais solidariedade, compreensão e respeito, o que certamente contribui para que Conquista seja uma cidade que combate todo tipo de discriminação, pois, dessa forma combatemos também todo tipo de violência”, enfatizou o gestor.

O gerente de Planejamento e Relações Institucionais, Uelber Barbosa, também lembrou o papel fundamental que tem a Coordenação. “É uma coordenação de grande importância para a população negra, porque a partir dela é que se estabelecem as políticas contra o racismo, o racismo institucional e contra a intolerância religiosa, que estamos lutando para combater por todo o país. É um grande passo na elaboração de ações efetivas para a população negra, indígena e quilombola de Vitória da Conquista”.

O gerente de Povos Tradicionais e Expressões Culturais da População Negra, Ademar Oliveira Cirne, destacou que a Coordenação chegou em um momento importante. “Muitas demandas com relação à população negra estão surgindo, em especial a atenção que devemos ter a respeito do extermínio da juventude negra, que tem acontecido muito, pois a cor da pele tem sido indicador de morte prematura. Vamos discutir muito isso, e essa coordenação é fundamental porque faz uma política totalmente interligada a todas as outras secretarias, como saúde educação e cultura”.

A coordenadora de Igualdade Racial, Elizabeth Lopes, reforçou a relevância da Coordenação e exaltou a contribuição dos novos membros do setor. “A coordenação é um sonho que foi realizado. Já trabalhávamos em prol das comunidades quilombolas, do povo negro e do povo de terreiro, mas  hoje de forma juridicamente embasada”.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
27/06
Nota de pesar pelo falecimento de Argemiro Correia Santos
Gabinete Civil
23/06
Nota de pesar pelo falecimento de João de Oliveira Nunes
Gabinete Civil
22/06
Governo Municipal e Sesi estreitam relações
Gabinete Civil
22/06
Nota de pesar pelo falecimento de Lídio Brito Macedo