Coede Itinerante ouviu as demandas de Conquista para as pessoas com deficiência

Nesta quinta-feira (13), no auditório do Cemae, Vitória da Conquista recebeu a 65a reunião ordinária do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Coede-BA). O evento faz parte do projeto Coede Itinerante que realiza reuniões do conselho fora da capital Salvador. O encontro em Conquista  contou com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

O Coede é um órgão de caráter consultivo e deliberativo, integrante da Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), quem tem por finalidade assessorar a secretaria na formulação e controle social da Política Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, objetivando a efetivação de seus direitos.

A reunião itinerante tem o objetivo de fazer uma escuta das demandas de Conquista e dos municípios da região para, a partir delas, serem feitas propostas de políticas públicas.“Para nós é um prazer poder está aqui em Vitória da Conquista realizando a nossa 65a reunião e a nossa terceira itinerante. A proposta de fazer estes encontros surgiu aqui em Vitória da Conquista na ocasião da Conferência, onde a plenária cobrou a presença do Conselho. Por isso pensamos neste projeto com o intuito de aproximar mais o conselho dos municípios”, comentou o presidente do Coede, Waldenor Oliveira, na abertura do evento.

Segundo Michael esta é uma pauta prioritária para o Governo Municipal

 

Representado o prefeito, Hérzem Gusmão, e a vice-prefeita e Secretária de Desenvolvimento Social, Irma Lemos, o diretor de Assistência Social, Michael Farias, lembrou a importância do controle social para garantia de direitos da pessoa com deficiência e reafirmou o compromisso do governo municipal com essas políticas públicas. “É claro que dentro do processo de gestão de políticas públicas, muitos são os desafios para implementação de um conjunto de direitos específicos para essa parcela da população brasileira, que requer do poder público uma atenção especial e é para isso que estamos aqui hoje, porque o governo entende que esta é uma pauta prioritária”, ressaltou Michael.

Durante a reunião, os participantes tiveram direito a voz e levantaram questões sobre a situação de Vitória da Conquista como a acessibilidade no trânsito, nos prédios públicos e privados e mercado de trabalho. “Nós devemos lutar para que as leis de acessibilidade sejam cumpridas e fazer novas propostas para nossas demandas que ainda não estão incluídas na Lei”, lembrou o presidente do CMDPD, Jaílton Ferreira Sousa.

A reunião contou com a participação de conselheiros de vários municípios da Bahia

A mesa de abertura do evento contou com o diretor de Assistência Social, Michael Farias; a promotora pública, Guiomar Miranda; o  presidente do Coede, Waldenor Oliveira; o presidente do CMDPD, Jaílton Ferreira Sousa; a defensora pública, Maria Fernanda Bório; o vereador Cícero Custódio; o conselheiro municipal e conselheiro estadual da Pessoa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Hermenilson Oliveira de Sousa.