Conquista Criança: premiação incentiva a boa convivência entre educandos

Cauã Silva Santos, 11, entrou no Conquista Criança aos seis anos de idade. Este ano, ele passou a frequentar o programa em tempo integral. Isso porque no local passou a funcionar a mais nova unidade da Rede Municipal de Vitória da Conquista.

Para que os alunos tivessem uma boa convivência em sala de aula, a coordenação criou um projeto de premiação, no qual cada atividade desenvolvida por estes educandos tem sua pontuação. O prêmio é conquistado por equipe e a cada semana o grupo que conseguir o maior números de medalhas pode trocá-las por objetos expostos na lojinha criada para este fim.

“O objetivo maior é o cumprimento das regras de convivência e temos observado uma mudança radical no comportamento deles. Porém, o que nos surpreendeu foi a importância do vínculo familiar para estes meninos”, disse a coordenadora do Conquista Criança, Alcina Lúcia Simões.

E é ai que entra a história de Cauã. Ele e sua equipe conseguiram a maior pontuação em sua sala apenas uma vez e na única oportunidade que teve de escolher um objeto, escolheu um liquidificador para a sua mãe. Sua irmã quando soube da escolha, desdenhou: “Nossa mãe já tem um”, contou o menino. Mas ao receber o presente a sua mãe agradeceu e comentou que o que ela tinha não era bom, este era líder de mercado. “Ela ficou feliz, minha mãe gostou bastante. É tudo de bom esta troca”, disse o garoto.

Outro aluno que tem se desenvolvido com o incentivo desta metodologia é Adriano Santana, 11. O menino está aprendendo a ler. “Estou alegre. Vale a pena participar das atividades”, disse Adriano que já adquiriu um carrinho para brincar e um urso de pelúcia para a sua mãe. Esses produtos são frutos de doações.

Umas das incentivadoras é a professora Dilma Carvalho que há três anos leciona na Rede de Vitória da Conquista. “Essa metodologia aplica a questão da rotina: primeiro é um negócio, depois torna-se um hábito e tudo modifica-se. Eu já tenho este resultado com a turma que iniciou as aulas no primeiro semestre. Estou super feliz, porque isto fez valer este novo rumo na minha carreira”, disse a ex-aposentada.

Os resultados vistos fizeram com que o projeto se entendessem para os adolescentes. Para que este público se envolva como acontece com os mais novos, a coordenação do Conquista Criança aprimorou o projeto de Educação Financeira e está erguendo um espaço onde funcionará um banco e a loja de trocas. A moeda “Conquistas” já está confeccionada e, em breve, os educandos puderam receber as cédulas para comprar objetos de seu interesse ou depositá-las em sua poupança até conseguir recurso suficiente para trocar por um bem de maior valor.

Segundo Alcina Lúcia, semanalmente haverá uma oficina sobre Educação Financeira e haverá um funcionário específico para atender a “clientela” do banco.

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
14/12
Vitória da Conquista participa de capacitação do Selo Unicef
Desenvolvimento Social
14/12
Concerto de Natal reúne Neojiba e corais do Ifba
Desenvolvimento Social
13/12
Bolsa Família Móvel atende em Lagoa das Flores
Desenvolvimento Social
12/12
Baile de fim de ano reúne integrantes do programa Vivendo a Terceira Idade e do CRAS