Comissão trabalhará por meio de eixos

Foi realizada, na tarde da última quarta-feira (1º), a primeira reunião da comissão multissetorial, instituída pela Prefeitura de Vitória da Conquista, para discutir as diretrizes, ações e medidas de segurança estratégicas a serem adotadas quando do retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino. Ainda não há data definida para a retomada das aulas presenciais, suspensas desde o dia 18 de março.

“A finalidade principal da comissão é construir um plano estratégico para que o retorno, quando definido, ocorra da forma mais segura. E essa primeira reunião foi para que a gente pudesse apresentar a equipe, os objetivos da comissão e a minuta do plano de trabalho, dividido por eixos, com a qual pretendemos otimizar o trabalho”, explicou a presidente da comissão e secretária adjunta de Educação, Arlete Dória.

Entre as ações a serem estabelecidas pela comissão estão: criar critérios epidemiológicos para o funcionamento das escolas, apresentar parâmetros de distanciamento social no âmbito das instituições de ensino e desenvolver ações de prevenção ao contágio do coronavírus nas escolas. Todo o trabalho respeitará os marcos legais.

A comissão é formada por representantes das secretarias municipais de Educação, Saúde, Finanças, Administração e Serviços Públicos; dos conselhos municipais de Educação (CME) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb); do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp); da Comissão de Educação da Câmara Municipal; e da sociedade civil.

“São 45 mil alunos matriculados que serão recepcionados com total segurança. E isto reflete um imenso desafio de ordem de saúde pública e sanitária. Assim, para este fim, instituímos essa comissão intersetorial e multidisciplinar no intuito de discutirmos as diretrizes a serem tomadas dentro de um plano de ação, elaborado e planejado por profissionais competentes, representando os diversos segmentos da sociedade civil e de órgãos estritamente ligados à educação, de modo a salvaguardarmos a saúde e a integridade física do nosso alunado, do quadro docente e de todos aqueles que laboram diretamente na educação pública municipal de Vitória da Conquista”, comentou o secretário da pasta, Esmeraldino Correia, quando da criação da comissão.

O Plano de Ação a ser elaborado pela comissão a posteriori será apresentado ao Comitê de Gestão de Crise da Prefeitura, a quem competirá sistemicamente validar as diretrizes gerais das questões técnicas de saúde e sanitárias que compreendem o momento vivenciado.