Amanhã (23) começa a 1ª etapa da Campanha de Vacinação contra a Influenza, tendo como público-alvo idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde.

Além da vacinação nas unidades de saúde da Atenção Básica, as equipes de Imunização também estarão a postos em pontos estratégicos para vacinar o público-alvo, no período de 23 de março a 15 de abril. A estratégia tem o objetivo de reduzir os riscos de transmissão para o Covid-19 e evitar aglomeração de pessoas em busca da vacina apenas dentro das unidades de saúde. A estratégia inclui o Drive Thru que vai possibilitar vacinar o público-alvo dentro do carro e, assim, impede-se que aglomerações sejam formadas.

De acordo com as definições do Ministério da Saúde, nessa primeira etapa, a prioridade será a vacinação apenas dos idosos que estão no grupo de risco de transmissão, por conta da idade e baixa imunidade, e trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do atendimento ao público. Os demais grupos serão contemplados no decorrer das próximas fases da campanha, que segue até o dia 15 de maio.

Os idosos devem comparecer à unidade de saúde mais perto de casa ou nos pontos estratégicos que serão montados. Deve-se levar documento de identificação, cartão SUS e caderneta de vacinação. No entanto, mesmo aqueles idosos que estiverem sem documentos também serão vacinados.

Já para os trabalhadores da saúde, é necessário apresentar documento de comprovação profissional para receber a dose da vacina.

A primeira etapa da campanha começa amanhã (23) e segue até o dia 15 de abril. A meta é imunizar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários. Em Vitória da Conquista, o objetivo é atingir a vacinação de 31.492 idosos e 8.496 trabalhadores da saúde nesta primeira fase.

O dia D de vacinação vai acontecer no dia 9 de maio. Ao longo da campanha, outros grupos também irão participar da 2ª e 3ª fase.

Confira a distribuição:

1ª fase – início 23/03:

  • Idosos (60 anos e mais);
  • Trabalhadores da saúde;

2ª fase – início 16/04:

  • Professores de escolas públicas e privadas;
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento;
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

3ª fase – início 09/05:

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
  • Gestantes;
  • Puérperas;
  • Povos indígenas;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adultos de 55 a 59 anos de idade.