Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” continua até 10 de dezembro

Última atividade da programação oficial será na Praça 9 de Novembro, às 9h; no entanto, atividades de conscientização continuam em caráter permanente

Iniciada em Vitória da Conquista em 11 de novembro – antes mesmo da programação nacional, que começou no dia 20 –, a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” (cujos objetivos são promover o debate e denunciar as diversas formas de violência contra as mulheres no mundo) já se encaminha para a sua conclusão, agendada para o próximo dia 10 de dezembro. Para os próximos dias, está prevista uma série de atividades, entre elas duas ações de grande porte, em dois pontos da cidade onde há grande circulação de pessoas.

A primeira delas, no sábado, 6, será um pit stop no Shopping Conquista Sul. A partir das 9h, a equipe da campanha estará no local durante todo o dia, envolvida em atividades de orientação e distribuição de material gráfico, cujo conteúdo trata da prevenção e do combate à violência de gênero. Espera-se que as informações cheguem a pelo menos três mil pessoas.

A outra atividade, na Praça 9 de Novembro, também a partir das 9h do dia 10, será o encerramento propriamente dito da campanha, em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc). Estarão disponíveis à população todos os serviços oferecidos pela Rede de Proteção e Atenção à Mulher. As pessoas que passarem pela praça terão acesso a estandes com aferição de pressão, teste de glicemia, artesanato, massagens, maquiagem, apresentações musicais, etc. “A Administração Municipal estará encerrando a programação com chave de ouro”, afirma a coordenadora municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Elza Mendes.

‘Trabalho constante’ – Desde que foi iniciada, a campanha promoveu uma intensa programação de palestras, oficinas, seminários e ações conjuntas, que chegaram a um público estimado em pelo menos 10 mil pessoas. No último sábado, 29, por exemplo, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em parceria com a Rede de Proteção e Atenção à Mulher, realizou o Festival de Direitos Humanos no distrito de José Gonçalves, com participação de aproximadamente 300 pessoas. 

Embora a campanha se encerre oficialmente no dia 10, as atividades de orientação e conscientização sobre a violência contra as mulheres serão mantidas em caráter permanente em Vitória da Conquista – inclusive, tendo como alvo o público masculino. “Temos percebido que precisamos conscientizar também os homens. Eles também podem ser multiplicadores”, explica Elza. “O objetivo do Governo Municipal é que esse seja um trabalho constante. É dessa forma que vamos conseguir erradicar esse tipo de violência”, acrescenta.

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
23/03
Violência contra mulher é tema de seminário promovido pelo Conselho Municipal da Mulher
Desenvolvimento Social
21/03
Secretaria de Desenvolvimento Social recebe moradores de ocupações
Desenvolvimento Social
21/03
Secretaria de Desenvolvimento Social recebe visita de subsecretária de Políticas para as Mulheres da Bahia
Desenvolvimento Social
17/03
Secretaria de Desenvolvimento Social recebe visita do prefeito