Banco de Leite Humano é o que mais realiza coletas no Estado

site

“Eu me sinto segura, porque se não fosse o leite materno, seria muito difícil para o meu filho se recuperar. O leite é como um remédio”, afirma Amanda Silva Sousa, que há nove dias teve seu bebê no Hospital Municipal Esaú Matos. Nascido prematuro, o seu filho se encontra na UTI Neonatal e tem sido amamentado com o auxílio do Banco de Leite Humano.

Assim como o filho de Amanda, outros 407 bebês foram beneficiados pelo Banco de Leite Humano da Fundação de Saúde de Vitória da Conquista no último ano. Somente em 2016, o serviço coletou 1128 litros de leite, graças às doações de 974 mães. No total, foram 1011 litros de leite distribuídos, o que dá uma média de 84 litros por mês.

Os números expressivos fizeram com que, pelo sexto ano consecutivo, o Banco de Leite Humano do Hospital Esaú Matos fosse reconhecido como o banco de leite com maior volume de coleta e de distribuição da Bahia. “Acredito que isso se dá pelo próprio empenho da equipe, pela sensibilização e intensificação do trabalho que é feito aqui no Hospital com as mães, a respeito da importância da doação de leite e da amamentação”, afirma Adriana Vasconcelos, coordenadora do serviço.

Além disso, este é o quarto ano seguido que o órgão recebe certificação ouro em “Excelência em Bancos de Leite Humano”, emitido pelo Programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano, em parceria com o Ministério da Saúde. Este desempenho é resultado da nota máxima obtida em todos os critérios da análise. São eles: controle de qualidade do leite pasteurizado; quadro de funcionários; equipamentos existentes no serviço; manutenção dos dados mensais de produção; relatório de produção e cursos em serviço.

Implantado pela Prefeitura Municipal em 2004, o Banco de Leite Humano tem como objetivo promover, proteger e apoiar o aleitamento materno, além de captar doadoras com produção excedente de leite. Com isso, o serviço  contribui significativamente com a redução das taxas morbidade e mortalidade infantil.

“O leite materno é o melhor alimento para o bebê , feito especificamente para ele. Com o leite, a mãe é capaz de hidratar e nutrir o seu filho, além de algo que nenhum outro alimento tem, que é de transmitir proteção através dos anticorpos que são passados pelo leite ao bebê”, explica Adriana.

Seja uma doadora – Para doar o excedente do seu leite materno ao Banco de Leite Humano, basta entrar em contato com o serviço pelo telefone (77) 3420-6237 e manifestar o seu interesse. A equipe responsável irá até a sua residência fazer o cadastro e levar todo o material e orientações a respeito da ordenha e do armazenamento do leite. Depois, a equipe volta à residência para coletar o leite.

Enquanto aguarda o momento em que poderá levar o seu filho da UTI  para casa, Amanda lembra da importância deste ato: “As mães que doam estão de parabéns, porque é um papel muito lindo o que elas fazem pelas crianças. Além de ajudar o próprio filho, ajudam os filhos dos outros também. Para quem ainda não doa, peço que pensem melhor. Vejam seus filhos saudáveis, em casa, e pensem naqueles que estão aqui no Hospital e podem receber essa grande ajuda.”

Notícias Relacionadas

Desenvolvimento Social
22/11
Crav realiza bate-papo sobre violência contra a mulher no Cras Vila América
Educação
22/11
Concurso de Produção Audiovisual Eco Kids e Econ Teens: conheça os vídeos premiados
Gabinete Civil
21/11
Dia da Consciência Negra proporciona cultura e informação em Vitória da Conquista
Notícias
21/11
Prefeitura e TJ/BA organizam Semana de Conciliação