“Não há mais restrições. O estádio está aprovado”, resumiu o chefe do Gabinete Civil, Marcos Ferreira.

Equipe do Vitória da Conquista faz primeiro treino oficial no estádio no dia 17; primeira partida em casa será dia 24, às 21h45, contra o Vitória

Depois de providenciar as adaptações exigidas pelos órgãos competentes no Estádio Municipal Lomanto Júnior, a fim de torná-lo apto a sediar jogos da equipe do Vitória da Conquista no Campeonato Baiano de 2018, a Prefeitura promoveu uma última reunião no local, na manhã desta sexta-feira (12)

O encontro reuniu representantes das secretarias de Serviços Públicos, Meio Ambiente e Infraestrutura, e ainda da Coordenação de Esportes. Foi uma última checagem nas exigências técnicas já cumpridas, nas intervenções já concluídas e nas que estão em fase final na estrutura do estádio.

 Equipe da Administração ajusta últimos detalhes antes do início do campeonato

“Não há mais restrições. O estádio está aprovado”, resumiu o chefe do Gabinete Civil, Marcos Ferreira. Na próxima quarta-feira (17), sob o comando do técnico Washington, os jogadores do Vitória da Conquista participam do primeiro treino oficial no Lomantão. E às 21h45 do dia 24, na segunda rodada do Baianão, a equipe disputa sua primeira partida pela competição no estádio, contra o Vitória.

Os laudos já foram entregues ao Corpo de Bombeiros, à Vigilância Sanitária e ao Conselho Regional de Agronomia e Engenharia (Crea). A sugestão dos Bombeiros para que se construísse uma rampa, a fim de facilitar o acesso da torcida visitante aos portões de saída, foi devidamente acatada.

A exigência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por uma sala reservada, que será destinada à realização de exames antidoping em jogos de competições nacionais (Série D e Copa do Brasil) e das etapas decisivas do Campeonato Baiano, também já foi cumprida.

 A limpeza chega a envolver até 25 servidores por dia 

Foram feitos ajustes num muro, que havia sido danificado por uma árvore. O gramado já está totalmente recuperado, após a erradicação de um fungo com o auxílio de profissionais de Agronomia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

O esforço de limpeza, já em fase final, chega a envolver até 25 servidores por dia, empenhados em serviços como capina, varrição e limpeza do fosso. “Estamos aqui, passando este pente-fino final, para entregar à população e à equipe do Vitória da Conquista o estádio completamente em dia, para que a gente tenha aqui não só partidas emocionantes e esteticamente bonitas, mas, acima de tudo, com conforto e segurança, porque é uma obrigação do município”, afirmou Ferreira.