Ato de vandalismo destrói árvores plantadas na calçada da Prefeitura

Na noite do último domingo, 18, um grupo de vândalos destruiu as árvores plantadas na calçada da sede da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista. As mudas plantadas no local eram do tipo pingo-de-ouro, muito utilizada em projetos de paisagismo.

De acordo com a Lei de Crimes Ambientais e Infrações Administrativas (Lei nº 9.605/98), o ato de vandalismo é configurado como crime ambiental, com pena de detenção de três meses a um ano, multa ou ambas as penas cumulativamente. Segundo o Art. 49, a penalidade é para qualquer ato de destruição, danificação, lesão ou maus tratos, por qualquer modo ou meio, a plantas ornamentais de logradouros públicos ou, ainda, em propriedade privada alheia.

Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o replantio dessas mudas será feito e o trabalho de arborização pública continuará ainda mais forte pela cidade. O setor já vem trabalhando na Avenida Brumado atualmente, e também desenvolverá uma série de intervenções, em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos, no Parque da Lagoa das Bateias.

“É preciso conscientizar as pessoas para a importância de conservar o verde. O ser humano deve estar atento a essas questões”, destaca Luzia Lúcia Vieira, secretária de Meio Ambiente.

Junto à Administração Central, a Secretaria já está investigando o ocorrido e tomará as providências jurídicas cabíveis.

Notícias Relacionadas

Meio Ambiente
18/08
Projeto Eco Kids e Eco Teens: Colégio Estadual Camilo de Jesus Lima lança jornal
Meio Ambiente
02/08
Avenida Brumado recebe 100 mudas de ipê
Infraestrutura Urbana
17/07
Prefeitura inicia trabalhos para revitalização da Praça Tancredo Neves
Meio Ambiente
07/07
Módulo de Educação Ambiental discute tráfico de animais silvestres em escolas municipais