Aterro Sanitário sedia operação de destruição de cigarros da Receita Federal

Serão destruídos mais de 2 milhões de maços de cigarros, avaliados em mais de R$ 9 milhões e apreendidos na região sudoeste

Entre os dias 29 de junho e 3 de julho, acontece em Vitória da Conquista, no Aterro Sanitário, o XV Mutirão Nacional de Destruição organizada pela Delegacia da Receita Federal do Brasil, com o apoio da Prefeitura de Vitória da Conquista.

Durante a operação, que conta com uma máquina de destruir cigarros, acoplada em um caminhão da Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF), serão destruídos 2.279.210 maços de cigarros, avaliados em R$ 9.081.568,80. Os cigarros foram apreendidos na região e contabilizaram um total de quatro carretas, que entraram no Brasil de forma irregular, sem o pagamento de impostos.

“Aqui, em Vitória da Conquista, estamos contando com o apoio da Prefeitura, que nos ofereceu a estrutura do Aterro Sanitário, para que esta destruição ocorra de forma segura e sem agressão ao meio ambiente”, destacou o analista tributário e presidente da Comissão de Destruição de Mercadorias da Delegacia da Receita Federal, Paulo Marques Carneiro.

A máquina tem a capacidade de destruir três caixas por minuto, o que dá uma média de mil caixas destruídas por dia. Todo material destruído está sendo aterrado em uma valeta pelos servidores do Aterro Sanitário. “A gente viaja para todos os estados do Brasil realizando esta operação junto a Receita Federal, com o objetivo de coibir este tipo de crime no Brasil”, contou o técnico responsável pela máquina de destruição da ABCF, Gabriel Sirino.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
28/03
Prefeitura intervém e finalmente Governo Federal libera R$144 milhões para construção da Barragem do Catolé
Notícias
28/03
Prefeitura instala novas lixeiras nas feiras livres
Gabinete Civil
28/03
Prefeitura participa da cerimônia de boas vindas aos novos atiradores do Tiro de Guerra
Notícias
27/03
Fundação de Saúde: funcionários participam da Sipat até sexta, 31