A comemoração dos 13 anos do projeto Quintas de Maio, criado pelo cantor Vadinho Barreto, levou cantores e músicos para a Praça Nove de Novembro na noite desta quinta-feira (17). Recebendo amigos e parceiros, Vadinho se revela mais que anfitrião, é um mobilizador cultural.

“A gente tem que aplaudir Vadinho, que está comemorando mais um ano do seu projeto. Ele é um batalhador, é determinado no que faz. O Quintas de Maio tem movimentado a praça e, o mais importante, ele tem orgulho do que faz, tem orgulho de Conquista e de viver aqui. Temos apoiado o projeto e, como artista, temos que aplaudir mesmo”, destaca a secretária de Cultura, Tina Rocha.

Uma das apresentações foi da cantora Luluzinha Pink, da cidade de Nova Canaã. “Esse projeto é maravilhoso. Ele me descobriu enquanto eu cantava em uma festa, me convidou para participar e esta já é a quarta vez que venho a Conquista para o projeto”, relata, lembrando que no dia que conheceu Vadinho era a data do seu aniversário. “Foi um verdadeiro presente pra mim, porque na minha cidade eu não tenho muitas oportunidades de mostrar o meu trabalho”.

Caçador de talentos, Vadinho também trouxe para a praça a jovem Thaís Félix, de 22 anos. “Hoje é o meu primeiro dia no Quintas de Maio e também a primeira vez que canto nesta praça. Eu já conhecia o projeto, que acho bastante interessante”, disse, antes de subir ao palco e cantar All Star, de Nando Reis.

Quem também estreou foi o cantor Maia, da cidade de Amélia Rodrigues. “Fiquei surpreso com o convite”, afirma. Outro parceiro do projeto é o cantador Jaivan Acioly, de Cândido Sales. “Já conheço Vadinho há algumas décadas, é meu amigo, não poderia deixar de participar hoje dessa comemoração”.

Além desses nomes, cantores como Papalo Monteiro, Alex Baducha, Lancaster, Araruna Belchior, entre outros, subiram ao palco desta edição do Quintas de Maio.

Dançando, a baiana de acarajé Maria de Lourdes comemora a movimentação. “Tava faltando isso aqui pra gente. A música alegra a alma e nos ajuda a suportar esses momentos de crise”, disse ela, que está no ponto há seis meses. 

O projeto Quintas de Maio tem o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).