Aluno da Rede Municipal de Ensino é medalha de ouro na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática

Uma ciência que reúne cálculos, formas geométricas e raciocínio lógico. Temida por uns, admirada por outros, a matemática é o conteúdo principal de um projeto que tem como objetivo estimular o estudo desta ciência e revelar talentos na área, a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Realizada pelos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação, a iniciativa, em sua 11ª edição, está com inscrições abertas até o dia 31 de março.

Na última edição, Vitória da Conquista recebeu sete medalhas: uma de ouro, três de prata e três de bronze. A de ouro foi para o estudante do 7º ano da Escola Municipal Bem Querer, João Vitor Tigre Almeida, 12 anos. O aluno alcançou a melhor nota do município e a segunda melhor da Bahia. “Eu me preparei muito, estudei as provas anteriores”, contou João que está orgulhoso por conquistar sua primeira medalha.

“Gosto de matemática e vou me dedicar para conquistar outra medalha este ano”, ressaltou João. E esse empenho, bem como o resultado do estudante serviu de incentivo para a comunidade escolar. É o que conta a diretora da Escola Municipal Bem Querer, Rackeline Silva: “serviu de motivação e mostrou que um aluno da rede pública é capaz”. Além do próprio mérito, para a diretora, o incentivo da família também foi fundamental para esta conquista.

Para participar da OBMEP e obter mais informações sobre a iniciativa, as escolas devem se inscrever no site www.obmep.org.br.

 

Rackeline Silva (diretora da escola) e João

Notícias Relacionadas

Educação
07/12
Eleição para diretores e vices movimentam creches e escolas da Rede Municipal
Educação
06/12
Baixa Seca e Veredinha recebem escolas totalmente reformadas
Educação
05/12
Projeto Aprova Brasil é oferecido a todos os alunos do Ensino Fundamental II
Educação
05/12
Atividades educativas e culturais comemoram o Dia da Pessoa com Deficiência