Governo Municipal visita Adutora do Rio Catolé

Na manhã dessa terça-feira, 14, o prefeito Guilherme Menezes visitou a Adutora do Rio Catolé, no município de Barra do Choça, em funcionamento há pouco mais de um ano. A obra foi executada em caráter emergencial pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), com um investimento de R$ 33 milhões, a fim de suprir o déficit de água nas barragens de Água Fria I e II, que abastecem Vitória da Conquista. Ela transporta 300 litros de água por segundo. Do vale até a barragem são 15 km de tubulação.

“Essa obra tem servido para evitar o racionamento de água em Vitória da Conquista e outras cidades da região. E agora estamos aguardando a licitação para construção da barragem que é uma importante obra do Governo Federal que ao estar concluída terá capacidade para armazenar cerca de 24 milhões de m³ de água”, declarou o prefeito. Para a construção da barragem, é estimado um investimento de R$ 141,7 milhões.

O gerente regional da Embasa, José Olímpio, que acompanhou o prefeito, falou sobre a importância da obra para a população. “A construção da adutora e do barramento trouxe uma tranquilidade muito grande em relação à falta d’água. Por esses anos, acreditamos que não vamos passar pelo racionamento que passamos em 2012 e 2013”, contou.

Segundo o engenheiro da Embasa, André Dias, que acompanha as obras da Barragem do Catolé, o projeto para a segunda etapa já está pronta, aguardando interessados em participar da licitação. “A obra foi licitada três vezes, mas não houve interessado. Estamos preparando agora a quarta licitação”, informou.

Barragem do Rio Pardo – Ainda com relação à segurança hídrica para os municípios do Sudoeste da Bahia, merece destaque outra importante obra, a Barragem do Rio Pardo, a respeito da qual o Governo Municipal tem se mantido mobilizado para que se concretize o mais rápido possível. O prefeito Guilherme Menezes tem realizado diversas reuniões nesse sentido, com o governador Rui Costa e ministros das pastas relacionadas.

No mês passado, a empresa IBI Engenharia entregou à Prefeitura os relatórios definitivos referentes à obra. Também já foi concluído e repassado ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) o processo de licenciamento ambiental. Resta agora a palavra final do órgão para que o Município possa dar essa etapa técnica por concluída, e continue a buscar recursos junto ao Ministério da Integração Nacional, a fim de que seja iniciado um novo processo licitatório – desta vez para escolher a empresa responsável pelas obras de construção da futura barragem.

O reservatório da Barragem do Rio Pardo terá capacidade para armazenar mais de 430 milhões de metros cúbicos de água, garantindo assim a autonomia hídrica para Vitória da Conquista e outros municípios da região, incluindo os distritos da zona rural.

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
17/09
Profissionais da gestão esportiva participam de curso de qualificação
Gabinete Civil
12/09
Herzem participa de homenagem a José Pedral Sampaio
Gabinete Civil
12/09
Prefeitura empossa novos servidores
Gabinete Civil
11/09
Governo Municipal apoia eventos da Associação Evangélica Conquistense