Administração Municipal inicia contratação de novos carros-pipas

A Prefeitura de Vitória da Conquista iniciou nesta terça-feira, 7, a contratação, em caráter emergencial, de 15 carros-pipas para atender às comunidades que antes eram assistidas pela Operação Pipa, realizada pelo Exército Brasileiro. O contrato emergencial terá validade de trinta dias e a expectativa é de que, dentro de uma semana, os caminhões que já estejam com a documentação e as vistorias técnica e sanitária em dia comecem a abastecer as comunidade da Zona Rural.

O pipeiro, Leandro Coelho, levou a documentação para fazer o cadastro e firmar contrato com o Município. Ele é um dos pipeiros que foi dispensado pela Operação Pipa. “Agora a Prefeitura, por meio da Defesa Civil, vai nos contratar. Tem sido de bom proveito pra nós. Graças a Deus por essa oportunidade que a gente vai trabalhar, atendendo a comunidade que necessita muito do sistema de abastecimento por caminhões pipas”, declarou.

O coordenador municipal da Defesa Civil, Ubaldino Figueiredo, informou que um levantamento está sendo finalizado para identificar as áreas que deixaram de ser abastecidas pela Operação Pipa. “Foi determinado pelo comando do Exército que a água só deverá ser colocada em reservatórios com capacidade de 16 mil litros para atender uma área de até 500 metros. Preocupado com a população das localidades que não tem esses tanques, o Governo Municipal vai abastecer com os carros contratados”, afirmou o coordenador, que acredita que esse reforço deve atender à demanda da zona rural.

No total, 311 povoados e assentamentos são abastecidos por meio de carros-pipas. Segundo Ubaldino, a Administração Municipal já mantinha outros cinco caminhões para distribuição de água nas localidades que não eram atendidas pela Operação Pipa.

 

 

Notícias Relacionadas

Gabinete Civil
17/11
Parada LGBT: confira como fica o trânsito e o itinerário dos ônibus
Gabinete Civil
17/11
Governo Municipal promete acompanhar demandas de movimentos rurais
Gabinete Civil
16/11
Governo Municipal recebe membros do Corpo de Bombeiros Militares
Gabinete Civil
16/11
Escola municipal oriunda do Patrulhado a Cidadania oferece 150 vagas já em 2018