Acolhimento e apoio são garantidos ao servidor municipal

E mais: atenção integral e valorização da experiência em setores estratégicos

Com as atenções voltadas para o Dia do Servidor, cuja comemoração a Prefeitura acontece nesta quarta-feira, 28, lembremo-nos de uma coisa importante: a atenção que a Administração Municipal direciona aos seus servidores é integral e envolve elementos que ultrapassam os aspectos meramente profissionais.

Prova disso foi a criação do programa Acolher, em 2011. Trata-se de uma iniciativa desenvolvida por meio da Coordenação de Gestão de Pessoas, destinada a atender, de forma integrada, servidores de todas as secretarias municipais, oferecendo atendimento psicológico e administrativo, além de realizar a marcação de exames médicos e promover atividades de qualificação profissional.

A valorização do servidor também se dá de forma indireta, por meio do apoio do Governo Municipal a iniciativas autônomas e relevantes. Tão logo conseguiu regularizar a situação financeira dos servidores, em 1997, a Prefeitura apoiou a fundação do que viria a ser a primeira Cooperativa de Crédito de Servidores Municipais no Estado da Bahia – a Sicoob Credcoop.

‘Honestos, dedicados’ – A política de valorização dos servidores, desenvolvida pela Prefeitura ao longo dos anos, passa também pela demonstração de confiança na capacidade técnica das pessoas que trabalham há muito tempo no serviço público municipal.

Segundo o prefeito Guilherme Menezes, a opção por escalar servidores com vasta experiência para uma série de funções fundamentais da Administração Municipal – inclusive aquelas que lidam diretamente com os recursos públicos – é baseada em critérios técnicos. “Como gestor, sinto-me feliz e seguro por ver os próprios servidores de carreira lidando com as áreas mais estratégicas da Prefeitura”, afirma.

O prefeito explica que isso é apenas um reflexo da política de valorização geral do servidor. “Esta foi uma das metas estabelecidas em 1996: investir também nos próprios servidores públicos municipais, com a visão de que os próximos gestores que sentissem a necessidade de se utilizar da experiência dos servidores iriam acertar muito. Afinal, esses servidores são honestos, dedicados e respeitam cada centavo arrecadado e investido do dinheiro público”.

Como se pode atestar, os resultados dessa decisão são sentidos até hoje pela Administração Municipal – e consequentemente, pela população que utiliza os serviços executados pela Prefeitura. Afinal, a forma como o servidor se sente em seu trabalho se reflete na qualidade do serviço que ele oferece às pessoas que o procuram.

Notícias Relacionadas

Administração
22/05
Nota de esclarecimento
Administração
17/05
Prefeitura se reúne com representantes do Sindacs
Administração
03/05
Plano de saúde é destaque em segunda rodada de negociação com o Simmp
Administração
25/04
Governo e Sinserv avançam nas negociações