75 mil refeições são servidas diariamente para os alunos da Rede Municipal de Ensino de Vitória da Conquista. De janeiro até maio, a Secretaria Municipal da Educação (Smed), distribuiu 350 toneladas para 175 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS), creches e escolas. São oferecidas de 1 a 4 refeições todos os dias para os 44.300 alunos.

Profissionais em toda Rede Municipal de Ensino trabalham um cardápio variado e nutritivo

A merenda escolar de Vitória da Conquista segue a Resolução N° 26, de 17 de Junho de 2013, que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). No Programa, há todas as orientações em relação a quantidade de alimentos e refeições para cada modalidade, os alimentos proibidos e restritos. Vitória da Conquista possui uma equipe de cinco nutricionistas que cuidam da alimentação de todas as unidades escolares municipais.

De acordo com a nutricionista e responsável técnica da merenda escolar, Poliana Silveira, os cardápios são elaborados de acordo com cada modalidade. “A gente tem um cardápio específico para a modalidade creche, outro para a modalidade de tempo integral, ensino fundamental, os quilombolas e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para cada modalidade há um perfil definido pelo PNAE para a porcentagem de calorias que deve atingir. A gente faz o cardápio padrão e envia para a escola”, explicou.

O Secretário Municipal de Educação, Esmeraldino Correia, ressalta a preocupação da secretaria em ter uma merenda saudável: “nós estamos vigilantes, atentos. Temos nutricionistas que trabalham na elaboração de cardápios específicos, sabemos que a criança precisa ter um hábito alimentar saudável e trabalhamos sim como educação, como escola, para que as crianças tenham a merenda em condições que possa oferecê-las a energia, a capacidade para aprender”.

A quantidade servida é indicada pelo PNAE observando-se os níveis calóricos

Todas as unidades escolares possuem um cardápio semanal que é divido em merenda salgada e merenda doce. O objetivo é atingir de forma balanceada, os nutrientes necessários para os alunos. “Uma alimentação mais natural possível, baseada na maioria das frutas e verduras, por isso há a divisão do cardápio, de ser oferecido três vezes a merenda salgada e duas vezes a merenda doce, a fim de contemplar todos os nutrientes que devem ser ofertados para as crianças”, esclareceu a nutricionista.

Além disso, há o cardápio especial para os alunos com algum tipo de doença, chamados de alunos especiais. A unidade escolar recebe dos nutricionistas da Rede Municipal um cardápio específico para esses alunos. “Além dos cardápios normais para atender a maioria das crianças, a gente atende aos alunos especiais, que a escola notificou que tem algum tipo de patologia. A gente faz um cardápio específico para essa criança, uma nutricionista fica responsável só para fazer isso”, informou a nutricionista.

Arroz com frango, cenoura, salada de beterraba e laranja, como sobremesa é uma das opções do cardápio variado da extensão da Escola Municipal Zulema Cotrim

Na extensão da Escola Municipal Zulema Cotrim, estudam 268 alunos nos turnos matutino e vespertino. São turmas de alunos com 5 anos até o 5º ano, um total de 10 turmas. Duas refeições diárias são servidas, uma para cada turno. Nesta sexta-feira (7), foi servido no lanche da manhã um cardápio contendo arroz com frango e cenoura, salada de beterraba e laranja, como sobremesa.

De acordo com a diretora Rose Mary Fonseca, as crianças aceitam bem a merenda servida todos os dias, mas como em outras escolas, há alunos que levam o lanche de casa em vez de comer o que é feito na escola: “aqui na escola a gente tem uma clientela que tem uma aceitação boa, aqueles que merendam gostam. Todo início de ano a gente faz esclarecimento para os pais que é uma merenda de qualidade. A gente pede para eles evitarem de mandar merenda de casa porque muitas vezes não é tão saudável quanto a que a gente tem na escola”, explica.

A aluna Catarina Macedo, de 7 anos, merenda todos os dias o que é servido na escola. Além de saborosa, ela sabe que a merenda também é saudável. “É muito gostosa, é nutritiva, com muitos legumes, verdura e tem salada. Gosto muito!”, elogia a aluna. De acordo com a professora do 2º ano, Marivani Ribeiro, os alunos sempre gostam do cardápio: “cada dia da semana nós temos uma alimentação diferenciada. Nossos alunos sabem que a merenda daqui é saudável, a Secretaria de Educação tem essa preocupação de construir esse cardápio com as nutricionistas. O nosso cardápio é muito variado, a merenda é feita com muito carinho e amor pelas meninas”, enfatizou a professora.

A nutricionista e responsável técnica, Poliana Silveira, avaliou a merenda servida: “o cardápio da alimentação é saudável e adequado, com uso de alimentos variados que respeitam a cultura, as tradições e os hábitos alimentares saudáveis. Além de proporcionar uma refeição saudável, estamos oferecendo um lanche altamente nutritivo, rico em Ferro, Cálcio, fibras, Vitamina A, Vitamina C, Vitamina B12, entre outras, que será de suma importância para o crescimento e desenvolvimento dos alunos”. Para as crianças da extensão da Escola Municipal Zulema Cotrim, a merenda está mais do que aprovada, várias delas afirmam gostar muito do sabor e elogiam o tempero da cozinheira, inclusive repetem a refeição.

Dispensa da extensão da Escola Municipal Zulema Cotrim