6º Festival de Quadrilhas premia os vencedores

O 6º Festival Regional de Quadrilhas que antecede a abertura oficial do Forró Pé de Serra do Periperi – com início nesta quarta-feira, 19, – reuniu quadrilhas juninas de diversas cidades da região. Elas se apresentaram por duas noites na Praça Barão do Rio Branco. Nessa terça-feira, 18, a última noite do festival, realizado pela Prefeitura Municipal e pela  União Estudantil de Vitória da Conquista, nove dos 14 grupos inscritos arrastaram o pé com animação e passos sincronizados típicos da dança.

Kd Achei

Com todo o empenho na preparação da coreografia e das roupas, o tempo e os recursos investidos foram recompensados para a quadrilha junina Kd Achei de São Sebastião. Ela foi a vencedora e levou o prêmio de R$ 3 mil. Em 2º lugar ficou a quadrilha Tia Áurea de Vitória da Conquista, com o prêmio de R$ 2 mil. Quem conquistou o 3º lugar foi a quadrilha junina Jaques Carvalho de Caculé, premiada com mil reais. Além disso, o marcador da Jaques Carvalho também levou o prêmio de R$ 500,00 como melhor marcador. Quem recebeu troféus para o melhor casal de noivos foi a Kd Achei e o melhor casamento na roça foi o da Seguidores da Fé, de Poções.

Omar Ferraz

Para o Omar Ferraz, que acompanhava os passos das quadrilhas com empolgação, o festival reúne pessoas de toda a região sudoeste, trazendo muita alegria para a cidade neste momento de festividade. “Temos também a alegria de receber esse pessoal, para mostrar que somos receptivos. Essa é uma maneira do presente resgatar o passado, mostrando que essa cultura ainda está viva. É uma grande alegria assistir”, analisou.

Com 35 minutos de apresentação para cada uma das quadrilhas juninas, os temas abordados durante a dança eram variados, passando de Luiz Gonzaga até o Cangaço. O evento integra escolas e cidades da região com o estilo de dança característica do nordeste e do período junino. Com uma grande beleza plástica, cada quadrilha mostrou sua criatividade não só na coreografia, como também no figurino.

Segundo o secretário de Cultura, Gildélso Felício, o Festival Regional de Quadrilhas é muito importante, porque com ele é possível integrar várias cidades da região sudoeste, trazendo o que há de melhor da dança e da identidade cultural. “Com isso nós mantemos as tradições juninas em sintonia com a juventude. Estão todos de parabéns nesta noite e que não acabe a tradição desse momento mágico que é o São João”.

Ana Paula Andrade

Ana Paula Andrade levou toda a família para assistir às apresentações: mãe, irmã e esposo. “O festival é muito bom e muito importante para o São João de Vitória da Conquista. A cada ano traz uma grande festividade, fazendo a festa crescer. É a primeira vez que acompanho e gostei do que vi”, conta.

O coordenador geral do Festival de Quadrilhas, Sandro Queiroz, falou sobre a evolução dos grupos com o passar dos anos e fez uma revelação sobre a próxima edição. “Com essa evolução dos grupos, nasce a necessidade de ampliar o evento. Hoje foi formada uma comissão com representantes de quadrilhas do sudoeste da Bahia e chegaram a uma conclusão de que Vitória da Conquista tem todo o potencial para sediar um festival aberto para quadrilhas juninas de toda a Bahia. No nosso próximo edital traremos essa novidade”, revela Sandro.

[nggallery id=60]

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
19/10
Vitória da Conquista sedia I Encontro da Rede de Leitura Inclusiva
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
18/10
Campeonato Baiano de Triathlon acontece neste domingo, 22, e altera trânsito
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
10/10
Biblioteca José de Sá Nunes promove atividades especiais para o Dia das Crianças
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
03/10
Programação cultural movimenta fim de semana conquistense