5º Festival de Quadrilha Junina Estudantil da Rede Pública movimenta o centro de Vitória da Conquista

O evento foi vencido pela terceira vez pelo grupo de quadrilha do Colégio Estadual de Piripá

A Praça Barão do Rio Branco esteve novamente movimentada no segundo e último dia do 5º Festival de Quadrilha Junina Estudantil da Rede Pública. Apresentaram-se grupos de quadrilha junina de mais quatro escolas, além das que já se haviam apresentado na tarde de segunda-feira, 17. Como nas edições anteriores, o evento é organizado pela Diretoria Regional de Educação (Direc-20), em parceria com a Prefeitura de Vitória da Conquista.

Ao fim das votações, os jurados concederam o troféu de melhor quadrilha ao Colégio Estadual de Piripá, que, dessa forma, torna-se tricampeão do festival. A professora Nalane Ribeiro, que organiza a quadrilha todos os anos, explicou as razões que levam a comunidade escolar a deslocar-se de Piripá, anualmente, para participar da competição junina em Vitória da Conquista. “Primeiro, nós conseguimos resgatar uma tradição local. E também mantemos os alunos bem unidos, com um senso de união e respeito ao outro”, afirmou. Para Nalane, a participação no evento também possui uma finalidade pedagógica: “O convívio, o respeito e a união podem fazer uma diferença. Quando você tem uma equipe dançando, só consegue resultados se ela for harmônica. Todos têm um papel fundamental”.

A instituição de ensino acumulou ainda outra premiação, a de melhor marcador de quadrilha. Também não é a primeira vez que o troféu vai para lá. O marcador Moisés Oliveira também foi premiado pela terceira vez. “É uma grande satisfação”, disse ele, após receber o prêmio no palco. “Quem ganha não são só os participantes, mas sim toda a comunidade e todo o São João da Bahia. Vitória da Conquista proporciona isso para toda a região”, acrescentou.

O troféu de “mais bela caipira”, pela segunda vez na história do festival, ficou com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Daiele Vieira foi a eleita, de acordo com a votação dos jurados. “Achei bom, fiquei muito contente”, afirmou, emocionada e já com o troféu nas mãos.

Extrapolando a cultura – Segundo o organizador do festival, Juarez Júnior, que também atua como coordenador municipal de
Esportes, a importância do evento extrapola os limites da questão cultural. “Sabemos que há todo um resgate da cultura do povo nordestino. Mas também é uma atividade que gera uma movimentação dentro das escolas. Isso atrai os meninos para uma atividade que, além de cultural, é disciplinadora e envolve a cultura corporal”, explica.

Participantes – Foram oito as instituições participantes do 5º Festival de Quadrilha Junina Estudantil. Vindos de cidades da região, além do Colégio Estadual de Piripá, marcaram presença os colégios estaduais Isaías Alves, de Poções, Luís Eduardo Magalhães (Celem), de Caraíbas, e Juvêncio Amaral, de Bom Jesus da Serra. Os participantes locais foram o Centro de Estudos Noturno de Vitória da Conquista, o Centro Integrado de Educação Navarro de Brito (CIENB), o Colégio Estadual Adelmário Pinheiro e a APAE. Todas as instituições receberam medalhas da organização do evento.

Notícias Relacionadas

Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
15/12
Com apoio da Prefeitura, Conquista serve de locação para longa-metragem internacional
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
13/12
Natal Conquista de Luz: Prefeitura divulga ordem de apresentação dos artistas
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
12/12
Finais do Campeonato de Futebol da Zona Rural acontecem neste domingo, 17
Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
12/12
Luzes natalinas serão acesas na noite desta terça, 12, na Tancredo Neves